Como Ajustar o pH da piscina

A importância de ter a água com o pH correto você já viu no nosso post sobre a importância do pH. Mas como identificar e corrigir o pH da sua piscina?

Para descobrir, confira o texto abaixo!

Medindo o pH

O pH da água, para evitar problemas como ardência nos olhos ou ressecamento na pele, deve estar aproximadamente ao valor de 7.2. Esse é o valor aproximado ao da lágrima de nossos olhos, e por esse motivo, o corpo não o “rejeita”.

Para medir o pH atual da sua piscina, basta comprar um estojo de teste. Nos fizemos um PDF no qual você pode conferir um pouco mais sobre os equipamentos essenciais para a manutenção da piscina, inclusive o estojo de testes. Confira clicando aqui.

Como corrigir o pH?

Após seguir todos os passos necessários para medir o pH, você irá descobrir se ele está acima ou abaixo do ideal, que é 7.2.

Caso esteja acima, você deve utilizar o “diminuidor de pH”, que é um produto do qual consiste basicamente de “Ácido Muriático”. A quantidade necessária vai estar escrito nas instruções na embalagem do produto.

Se for o contrário, ou seja, caso o pH esteja abaixo do indicado, deve-se adicionar o “elevador de pH” ou “pH+”. Esse produto tem com base o Carbonato de Sódio. A quantidade necessária também está indicada na embalagem do produto.

Conclusão

Nesse post vimos o passo a passo de como medir e ajustar o pH da piscina. Mas um detalhe importante é sempre estar de olho nele. Caso o pH não fique estável, o problema pode estar associado a alcalinidade da sua água. Para entender um pouco mais sobre alcalinidade confira nosso post clicando aqui.

Espero que esse post tenha ajudado e não deixe de aproveitar sua piscina.

Até a próxima!

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *